18 de novembro de 2009

As crianças estão preparadas para receber a Eucaristia?

Hoje estava conversando com uma amiga pelo MSN e ela estava com esse sentimento...

“O meu coração está muito apertado hoje, principalmente por se aproximar o dia da Primeira Eucaristia das crianças. Embora não seja da turma que estou catequizando, pois dou encontros para 1ª etapa, conheço o comportamento de algumas delas e sei que NÃO SABEM o que vão receber...”

Então eu disse:

Uma vez eu tive essa preocupação e um padre me disse uma coisa muito sábia: “o maior teólogo não tem o conhecimento nem o merecimento necessários para receber a Eucaristia”
o que importa é que estamos plantando a sementinha nos corações dos catequizandos e um dia ela dará os frutos necessários a cada um.

Ela continuou:

A minha preocupação é de pecar por omissão, a Igreja oferece Seu GRANDE TESOURO: a EUCARISTIA. Crianças que estão preparadas recebem, as que não estão recebem também... Jamais exigiria de uma criança uma espiritualidade ou maturidade na fé de pessoas adultas que já fazem uma caminhada, mas por que não podemos exigir o mínimo de respeito das crianças com as coisas sagradas?

Eu disse:

Eu concordo que algumas crianças deveriam fazer mais um ano, mas infelizmente não há reprovação como na escola, nos resta então rezar para que tenham uma experiência pessoal com Deus no dia da Primeira Comunhão e o Espírito Santo se revele a eles, fazendo com que alcancem o entendimento, muito mais profundo do que qualquer livro ou encontro tenham tentado lhes proporcionar.

Ela finalizou dizendo:

Sheila, louvo a Deus, por Ele ter usado você para me responder as inquietações do meu coração, eu "ouvi" claramente a direção de Deus para mim, nesta sua última resposta. Entendi que por mais que nos esforcemos para cumprir a nossa missão e da melhor maneira possível, o AGIR sempre será de Deus. Achei tão linda as palavras que o Espírito Santo te inspirou a dizer, não poderia postar no seu blog, para eu copiar?

Ela nem sabia que essas palavras nem chegam aos pés das que ela me disse um dia quando passei por um problema pessoal, senti como se fosse um email de Nossa Senhora para mim, por isso fico muito feliz em retribuí-la publicando nosso bate papo no blog, se isso a agrada.

Eu que agradeço, AMIGA, por me procurar e me deixar USAR, para que Deus pudesse chegar ao seu coração, o aliviasse e o pudesse instruir. E por sua bondade em querer compartilhar nossa reflexão com os demais colegas catequistas que visitam meu bloguinho.

Tenha uma ótima reunião e fique na paz de Deus, beijosss!!!!!!!

1 comente aqui:

Tereza Diniz disse...

Acho interessante como são as coisas. Mudam as pessoas, mudam os lugarem em que estão, mas os problemas são sempre os mesmos. Estou como catequista de Primeira Eucaristia e nossa turma vai fazer sua primeira comunhão nete sábado, 21/11. Muitas vezes nos questionamos se as crianças estão realmente preparadas. Apesar de nos esforçamos bastante, parece que muitos não assimilam o que ensinamos. Temos apenas que rezar e esperar que a semente tenha caído num bom terreno.