24 de fevereiro de 2010

Jesus celebra a Última Ceia e institui a nova aliança, a nova Páscoa

(14º Encontro do livro “Que Alegria, encontrei Jesus!” – Iniciação Eucarística Volume 2)

Texto bíblico: 1Cor 11, 24-26

Jesus, instituindo a Eucaristia, manifestou o seu desejo de sempre estar presente na vida dos seus discípulos.

Ele é o Emanuel, o Deus Conosco, na nossa história e nos acontecimentos que fazem a história.

Objetivos do encontro:

- Perceber e descobrir que o sacramento da Eucaristia tem a sua origem nos gestos e nas palavras que Jesus realizou na Última Ceia;

- Despertar um maior amor pela Santa Missa.

A Catequese e a Eucaristia:

É importante que o catequizando perceba e descubra que o sacramento da Eucaristia tem a sua origem nos gestos e nas palavras que Jesus realizou na Última Ceia, onde celebrou para os seus e antecipou o mistério da sua paixão, morte e ressurreição.

A Eucaristia é o sacramento da comunhão com o Filho de Deus que se doa na cruz continuamente, sob as espécies do pão e do vinho consagrados, e que se tornam o alimento espiritual que conduz e mantém cada fiel rumo à vida eterna.

“A Eucaristia é o coração e o ápice da vida da Igreja, pois nela Cristo associa sua Igreja e todos os seus membros a seu sacrifício de louvor e ação de graças oferecido uma vez por todas na Cruz a seu Pai; pelo seu sacrifício Ele derrama as graças da salvação sobre o seu corpo que é a Igreja” (Catecismo da Igreja Católica, nº 1407)

Desenvolvendo o tema:

Distribuir entre os catequizandos, reunidos em grupos, tiras de papel com as palavras:

Perguntar aos catequizandos o que estas palavras significam no Antigo Testamento.

Após a resposta das crianças, dizer que elas passaram a ter um novo significado no Novo Testamento, por causa de Jesus, nosso Redentor.

Relatar, então, a passagem da Última Ceia, onde Jesus instituiu dois sacramentos, o da Eucaristia e o da Ordem, lendo 1Cor 11, 24-26.

Explicar o grande gesto de amor de Jesus, deixando a si mesmo como alimento no Pão e Vinho transformados em seu Corpo, Sangue, Alma e Divindade.

Desenvolver nos catequizandos o desejo de participar sempre da missa e de receber Jesus na Eucaristia. Ressaltar a importância de nos prepararmos bem para receber com fé, dignidade e amor o sacramento da Eucaristia sempre que possível, pois Jesus assim o quer.

Para pintar:

0 comente aqui: